• Mirna Fernandes

4o Chakra - Anahata

Atualizado: Abr 16

também conhecido como chakra cardíaco, está localizado no centro do peito e relaciona-se à glândula timo, responsável pelo nosso sistema imunológico.

.

Em 1991, o New England Journal publicou um relatório que mostrava uma ligação direta entre o estado mental dos indivíduos e as doenças. O estudo demonstrou uma surpreendente correlação entre os níveis de estresse psicológico e o vírus da gripe. Foi um importante passo para que o mundo científico aceitasse que nosso sistema imunológico está ligado a fatores psicológicos.

O amor romântico de um casal, ou de um pai para o filho, é importante para termos contato com nosso potencial de nos doarmos e nos conectarmos com os seres de forma verdadeira. Porém, o amor que o Anahata traz ultrapassa as paredes de nossa casa e atinge nosso bairro, cidade e país. É olharmos outro ser humano nos olhos e reconhecer nele um irmão da mesma espécie, que em maior ou menor grau, enfrenta desafios muito semelhantes aos nossos.


O Anahata chakra está bem no centro do peito dividindo os três centros mais densos (os 3 primeiros chakras) dos três chakras superiores, equilibrando e purificando as energias terrenas das espirituais. .


Quando o Chakra Cardíaco está equilibrado, somos amorosos e pacientes, temos felicidade e paz e sentimos uma conexão com todos os seres vivos do Universo.


O Chakra Cardíaco pode ser desequilibrado por experiências com forte carga emocional. Como maus-tratos ou mudanças significativas, criando certos bloqueios no fluxo de energia ou pelo contrário, ele pode se tornar hiperativo ou ter excesso de energia.

.

Quando bloqueado ou desequilibrado traz dificuldades nos relacionamentos, raiva, nervosismo, impaciência com tudo e com todos, desilusão, pânico, depressão, síndrome do pânico e incapacidade de amar. Fisiologicamente, arritmia cardíaca, sistema circulatório comprometido, colesterol alto, palpitações, problemas no nervo vago, nos brônquios e aparelho respiratório, rubor, pressão alta.

.

Cor Verde

Bija Mantra (som semente) YAM

Elemento: Ar


Como equilibrar esse Centro Energético


Posturas de expansão da caixa torácica permitem um reequilíbrio psico-energético nessa região, como na Dhanurasana e Urdhava Dhanurasana, Ustrasana, Kapotasana, Viparita Dandasana, Bhujangasana, Salabasana, Urdhava Mukha Svanasana


Além da prática dos asanas de expansão torácica, você também pode praticar a seguinte meditação, que particularmente adoro fazer:


Sente-se numa postura de meditação, leve sua atenção ao centro do seu peito, e "pinte" mentalmente esse centro energético com a cor verde limão; ao inspirar entoe, mentalmente, o mantra YAM, e ao expirar mentalmente, YAM. Enquanto entoa, você pode visualizar essa cor no centro do seu peito vibrando amor, compaixão, perdão... por você mesmo primeiramente...

depois permita que todo seu corpo receba a cor verde de cura... que todo seu corpo receba amor, compaixão e auto-perdão... Depois de um certo tempo (você vai sentir o momento), expanda essa energia permitindo que, através do elemento ar que vc respira, ela vá se expandindo além do seu corpo, por todos os seres - a sua volta, pelo seu bairro, cidade, país, nações, continente, por todo planeta... permaneça um tempo emanando essa força de cura e depois gentilmente vá regressando ao centro do seu coração, agora mais amoroso, purificado e expandido..


Boa prática! Namaste com muito amor!



.

3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Nyamas

Yamas