• Mirna Fernandes

O que são Asanas

Atualizado: Jun 18

A palavra asana em sânscrito significa assento. Um lugar onde se assenta o corpo e a mente, logo deveria ser um lugar meditativo. Traduzimos asanas como posturas, mas são muito mais que isso, porque envolvem mais que alinhar o corpo e executar mecanicamente. Feitos com discernimento e conscientemente, as posturas integram o corpo, a mente, a inteligência, os nervos, a consciência e o Si Mesmo de forma harmoniosa.

Pode parecer que os asanas só envolvem o corpo físico, mas na realidade, diferentes posturas podem afetar as mensagens químicas enviadas ou recebidos do cérebro. O yoga tem uma capacidade ímpar de acalmar o cérebro e os nervos, que são os veículos entre o corpo fisiológico e o psicológico, e de revigorar e tranquilizar a mente, relaxando assim todo o corpo.


O peso do corpo deve ser distribuído igualmente por todos os músculos, ossos e articulações, assim como a inteligência deve participar em todos os níveis. Há que criar espaço nos músculos e na pele, ajustando a malha fina do corpo inteiro ao asana. Isso auxilia os órgãos da percepção (olhos, ouvidos, nariz, língua e pele) a discernirem a sutileza de cada movimento. Essa conjunção entre os órgãos da ação e da percepção ocorre assim que o aluno alcança um entendimento subjetivo do asana e começa, por meio do instinto e do conhecimento, a ajustar corretamente seus movimentos.


Quando os dois lados do corpo se tornam simétricos remove-se o excesso de stress dos sistemas circulatório, respiratório, digestivo, reprodutor e excretor. Em cada asana, os vários órgãos se posicionam em diferentes planos anatômicos e são espremidos e alongados, irrigados e desidratados, aquecidos e resfriados. Os órgãos são abastecidos com sangue arterial e recebem uma delicada massagem de outras estruturas corporais, relaxam e são depois tonificados, atingindo um ponto ideal de saúde.


Podemos dividir ou categorizar os asanas basicamente em Posturas em Pé, Flexões, Retroflexões ou Extensões, Invertidas, hand balance (equilíbrio sobre as mãos), Posturas Sentada, Torções.


Segundo a escritura Hatha Yoga Pradipika (I.33), Shiva ensinou 84 posturas. Dessas, 32 são descritas no Gheranda Samhita. Já os manuais contemporâneas descrevem mais de mil posturas. Algumas tem a finalidade de facilitar que a pessoa se sente para a meditação por períodos prolongados.

Patanjali, no texto sagrado dos Yoga Sutras (II.46), não entra muito no mérito de descrever os asanas, o sutra apenas diz Sthira Sukham Asanam (yoga é uma postura firme e confortável).


Os Estágios do Aprendizado do Yoga


Arambhavastha - O alunos iniciantes quando começam a praticar yoga tem uma mente não cultivada e precisam aprender que os asanas devem ser praticados apenas no nível do corpo. Devem, sem afobação, preocupar-se basicamente com a correta execução das posturas. e aprender primeiramente a captar a totalidade do asana, sem se perder nos detalhes mais sutis, procurando encontrar a estabilidade dentro da postura.


Ghatavastha - Nesse estágio mais intermediário, a mente é afetada pelas mudanças do corpo. Quando alcança esse estágio, o praticante está fazendo os asanas corretamente e seu corpo está sob seu controle, então ele deve conduzir a mente para entrar em contato com cada parte de seus corpo, existe uma atenção reflexiva e meditativa nas posturas. O praticante torna-se consciente dos seus tecidos, órgãos, pele e até mesmo de cada uma das células do seu corpo, e sua mente flui em harmonia com todos esses componentes.


Parichayavasth - Esse é um estágio mais avançado, a mente leva o corpo a entrar em contato íntimo com a inteligência. Assim a mente deixa de ser uma entidade separada , e a inteligência e o corpo se tornam um só.


Nishpattyavastha - Esse é o estágio da perfeição. Quando a inteligência sente a integração entre a carne e a pele, ela introduz o atman (o Si Mesmo ou a Alma). Isso liberta o corpo e o integra com a alma na travessia do finito ao infinito. Então, corpo, mente e Si Mesmo se tornam um só. Nesse estágio que se pode chamar de estado de "meditação dinâmica", os asanas ficam meditativos e espirituais.


Como o mestre Iyengar diz, "yoga é uma jornada da pele ao cerne do ser."..

há muito por se desvendar nesse caminho... lhe desejo uma excelente viagem!

Namaste!











7 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo